Resultado e festa de encerramento do I Golden Cup

porContato

Resultado e festa de encerramento do I Golden Cup

Em mais um projeto pioneiro do NECAF, o “I Golden Cup” é o concurso de qualidade de café para filhos de cafeicultores da Agência de Inovação do Café – INOVACAFÉ, da Universidade Federal de Lavras – UFLA. A essência deste projeto está na promoção da cafeicultura com cafés de melhor qualidade, e o grande diferencial é que o concurso é voltado a filhos de cafeicultores, que são capacitados quanto as formas de processamento do fruto e as técnicas visando a produção de cafés especiais.

 

No sábado (23/09) ocorreu a grande final do concurso, em que os cafés vencedores foram premiados em cerimônia solene. O concurso contou com o apoio dos núcleo de estudos QI Café, Pós-Café, GHPD, NEMEC, NEMAPORT e das empresas Origina, Fazenda Guariroba, Corretagem de Cafés Ouro Verde, Região da Alta Mogiana e Videplast.

O concurso foi dividido em duas categorias, via úmida e via seca e cada participante podia enviar apenas uma amostra de cada categoria.

Classificação da categoria Via Úmida

Nos cafés da categoria via úmida há uma separação dos frutos de café por estádio de maturação. Após a separação dos frutos cereja e verde do bóia, o processamento é encerrado com a retirada das cascas e de parte da mucilagem, com a manutenção da polpa (mucilagem) aderida ao endocarpo (pergaminho).

1º Lugar: Francisco Moreira de Sousa Neto, Agrônomo formado na Universidade Federal de Lavras – UFLA, membro do Núcleo de Estudos em Cafeicultura.

Fazenda Ponto Alegre, localizada no município de Cabo Verde – MG

Cultivar: Catuaí

Área em café: 10 ha Altitude: 1100 m

Características do café: Os provadores classificaram o seu café com notas de baunilha, frutado, maçã, morango, caramelo, papaya e mel.

2 ° Lugar: Lucas Pereira Bustamante Abreu, graduando em Engenharia Agrícola na Universidade Federal de Lavras, membro do Núcleo QI Café.

Fazenda da Pedra, localizada no município de Cristina – MG

Cultivar: Catucaí

Área em café: 1,5 ha Altitude: 1250 m

Características do café: Os provadores classificaram o seu café com notas de nozes, caramelo, chocolate e baunilha.

3° Lugar: Felipe Guimarães Abrantes Lacerda, graduando em Engenharia Agrícola na Universidade Federal de Lavras, membro do Núcleo Pós Café.

Fazenda Nossa Senhora Aparecida, localizada no município de Viçosa – MG

Cultivar Catuaí Vermelho

Área em café: 4 ha, Altitude: 900 m

Características do café: Os provadores classificaram o seu café com notas de avelã, chocolate, baunilha e floral.

Classificação da categoria Via Seca

Já no preparo por via seca ou “natural” o fruto é mantido com sua constituição integral (casca, pergaminho, mucilagem, grãos). O café recém-colhido, após a separação hidráulica, é submetido à pré-secagem em terreiros e posteriormente a secagem pode ocorrer em secadores mecânicos.

1º Lugar: Lucas Pereira Bustamante Abreu, graduando em Engenharia Agrícola na Universidade Federal de Lavras, membro do Núcleo QI Café.

Fazenda da Pedra, localizada no município de Cristina – MG

Cultivar: Acaiá

Área em café: 1,5 ha Altitude: 1250 m

Características do café: Frutado, floral, frutas amarelas, morango, mel, frutas vermelhas e castanha.

2° Lugar: Mauricio Antônio de Paulo Santos, graduando em agronomia na Universidade Federal de Lavras, membro do Núcleo GHPD e NECAF.

Fazenda 3 de Maio, localizada no município de Bom Sucesso – MG

Cultivar: Topázio

Área em café: 7 há Altitude: 940 m

Características do café: Mel, melado, rapadura, cana de açúcar e chocolate.

3º lugar: Plinio Marcus Leonel de Paula, graduando em Agronomia na Universidade Federal de Lavras, membro do Núcleo NECAF.

Fazenda Jaboticabal, localizada no município de Itamogi – MG

Cultivar: Rubi

Área em café: 10 ha Altitude: 1150 m

Sobre o Autor

Contato administrator

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.